Para Nova York, com amor – Sarah Morgan

Editora Harlequin, 2018, 384 p.

Oi, gente! Vim hoje dar notícias sobre uma série de livros que comecei a ler: Para Nova York, com amor, da autora Sarah Morgan. Só não sei se vou continuar a acompanhar as histórias. Pois é, não me agradei muito não, sabe. O primeiro livro é “Amor em Manhattan” e conta sobre o romance entre a protagonista Paige Walker e o melhor amigo de seu irmão, Jake Romano. Acontece que achei muita coisa meio clichê demais. Ele é um Ceo, bem-sucedido, não quer compromisso, tem um trauma em relação à mãe, tem fama de pegador, faz e acontece, mas é gente boa. Ela, teve que enfrentar um problema grave de saúde muito cedo, nessa época se apaixonou pelo Jake e há anos mantém essa paixão meio escondida. Aí tem a questão do irmão, que fez o cara prometer que nunca ia se envolver com sua irmã porque sabia que ele ia machucá-la. Paige é superprotegida pela família. Tem também um grupo de amigas que ressaltam o valor da amizade, estão sempre ali, uma para a outra, enfrentam desafios profissionais juntas, montando sua própria empresa na área de eventos. Até que, nessa parte, me lembrou outra série, só que melhor se comparada a essa, que é a Quarteto de Noivas da Nora Roberts. Enfim, no começo a leitura foi um pouco devagar, depois engrenou, depois ficou devagar de novo. Terminei o livro querendo terminar mesmo para poder ler o segundo da série, cujo romance já começava a dar sinais neste primeiro e me pareceu mais interessante. O segundo livro, Pôr do sol no Central Park, tem como protagonistas o irmão de Paige, Matt Walker e uma de suas melhores amigas, Frankie Cole. Na verdade, o Matt é um fofo, paciente, inteligente e insiste em lidar com todos os percalços para chegar ao coração da Frankie. Ela, por sua vez, tem uma visão realista e um tanto pessimista do amor e vive à sombra de alguns traumas familiares. Uma coisa muito bacana é que alguns outros personagens começam a aparecer para dar margem às próximas histórias da série e os cenários também, nesse livro, me cativaram mais. Cabe destacar que em algumas partes o livro retrata a questão da violência doméstica e de relacionamento abusivo. A parte final é que me cansou um pouco, com um drama meio desnecessário entre o casal. Então, por que eu acho que provavelmente não vou continuar a ler a série? Fora a coisa meio clichê demais, nesse estilo de leitura já li outros autores com melhores enredos, por exemplo, a própria Nora Roberts, a Emma Chase, talvez a Lisa Kleypas e com certeza a A. C. Meyer, autora brasileira. Ah, e as edições apresentam alguns erros em palavras do texto. Eu acho isso tão chato, parece que não foram feitas com cuidado. É isso, vou investir em outros livros, desbravar outras histórias e essa série aqui deve ficar para depois ou talvez não mais.

A gente vai se falando!

Publicado por decaranaestante

Blog sobre livros!

Um comentário em “Para Nova York, com amor – Sarah Morgan

Deixe uma resposta para Drielly Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: